Arquivo

Archive for terça-feira, 30 set 2008; \40\America/New_York\America/New_York\k 40

Quem somos nós?

terça-feira, 30 set 2008; \40\America/New_York\America/New_York\k 40 7 comentários

(Não, esse não é um post “new age” sobre mecânica quântica 😆 )

Antes de mais nada, alguns avisos:

1) Me desculpem qualquer imprecisão na história, estou contando do que me lembro e a memória sempre falha.
2) Os links desse post exigem que se tenha um conta no Orkut para que possam ser acessados.

Eu acho que é interessante contar como as pessoas que são os editores desse blog se conheceram. Em 2004, para ser mais exato em 12 de abril daquele ano, um estudante de física chamado Wellington Nogueira criou a comunidade Física no então recém criado Orkut. Wellington era então estudante de física na Unesp, mas há muito tempo não sei que fim levou.

O Orkut cresceu muito, principalmente no Brasil. O próprio Orkut tem uma estimativa (subavaliada) que aproximadamente 51% dos seus usuários são brasileiro. Em outros países, outras ferramentas de rede social cresceram mais (MySpace, Facebook), mas tenho certeza que, pelo menos nos grandes centros brasileiros, o Orkut é hoje uma das principais ferramentas de comunicação. Junto com o Orkut cresceu a comunidade de física. Chegou a um ponto onde apenas uma pessoa não conseguia dar conta da sua administração e a comunidade, tal como muitas outras do orkut, ficou tão caótica e bagunçada que era difícil extrair informação de qualidade.

Nesse ponto, algumas pessoas resolveram auxiliar o Wellington nessa tarefa. Me lembro que o Tom e o Daniel foram essenciais nesse ponto. Ambos pareciam já ter vasta experiência com usenets/fóruns de internet e esse know-how foi muito positivas à comunidade. Por sinal, a frase de Gene Spafford sobre usenets pode ser facilmente adaptada ao Orkut:

“Usenet is like a herd of performing elephants with diarrhea — massive, difficult to redirect, awe-inspiring, entertaining, and a source of mind-boggling amounts of excrement when you least expect it.”

Outras pessoas de inestimável valor foram se juntando à administração da comunidade, muitas delas que não estão aqui como editores, infelizmente: Caio, Danilo, Leonardo, Adriano, Rafael Calsaverini, entre outros; todos alunos de pós-graduação em física. Só me juntei a esse grupo mais tarde quando a comunidade já tinha então sofrido um significativo avanço em qualidade e tamanho (e mais recentemente se juntou à administração outro membro que já participava da comunidade há bastante tempo: Leandro Seixas). Nesse período, esse comunidade não era a única sobre física no Orkut com a ordem de grandeza de participantes que temos. Havia uma outra, gerenciada por um professor de física chamado Alberto Prass. Sua comunidade sofreu um ataque de hackers em 2006 e nunca conseguiu se recuperar. Também sofremos com algo parecido no mesmo ano, e apesar do episódio ter sido muito triste, nossa sorte foi melhor: conseguimos recuperar todos os dados apagados da comunidade.

O trabalho de administrar a comunidade é grande. Oficialmente a comunidade tem por volta de 38000 membros. Nem todos são ativos, claro. Uma pesquisa que fiz recentemente mostra que temos algo como 200 usuários realmente ativos, o que é um número considerável, levando em conta a qualidade das discussões. Presar pela continuidade dessa qualidade tendo que lidar com eventuais comportamentos inapropriados toma um tempo considerável. Mais ainda se você considerar como as agendas de alunos de pós-graduação são apertadas. Mas fazemos isso com prazer. Tenho certeza que, para muitas pessoas, essa comunidade é um dos meios mais procurados para divulgação científica de física, troca de informações sobre física, ou simplesmente para uma conversa sobre ciência. Mais detalhes aqui. Há participantes de todas as idades e nível de instrução formal – de alunos de ensino médio a pesquisadores em universidades, o que só torna o ambiente mais agradável.

Os resultados nos fazem acreditar nessa idéia improvável. Nesses quatro anos já vi tópicos em que adolescentes disseram ter adentrado na carreira de física inspirados pela comunidade, em que professores disseram utilizar exemplos discutidos na comunidade em sala de aula, já vi pessoas trocarem informações sobre artigos de pesquisa, pessoas procurando colaboradores para pesquisa, anunciando vagas para iniciação científica e até para pós-doutorado. Tivemos uma curta série de ótimas entrevistas com os professores Marcelo Gleiser, Jérémy Argyriades e Henrique Fleming. Este último, por sinal, um colaborador inestimável da nossa comunidade. Além de uma entrevista com o Daniel que também escreve aqui.

Educação científica é algo de extrema importância para qualquer povo. E essa comunidade é parte da nossa responsabilidade social. Com certeza não é tudo que podemos fazer e com certeza nem tudo que as pessoas sonham fazer: alguns tem grandes sonhos. Mas é um começo do qual nos orgulhamos muito.

Categorias:Ars Physica Tags:,

The Big Bang Theory…

terça-feira, 30 set 2008; \40\America/New_York\America/New_York\k 40 Deixe um comentário

Pra quem é fã dessa série, o episódio de ontem foi absolutamente hilário. Eis o vídeo da última parte: uma discussão sobre Loop Quantum Gravity vs String Theory:

Diversão garantida, 😆 !

Categorias:Ars Physica
%d blogueiros gostam disto: