Início > Ars Physica > O apoio da ciência a Barack Obama

O apoio da ciência a Barack Obama

sexta-feira, 31 out 2008; \44\UTC\UTC\k 44 Deixe um comentário Go to comments

Um fenômeno interessante está ocorrendo no cenário científico internacional: vários profissionais e instituições estão publicamente se manifestando a favor do candidato a presidência dos Estados Unidos Barack Obama, mesmo aqueles não residentes nos EUA. Ontem, a revista Nature declarou suporte ao candidato. A revista é britânica, e segundo Sean Carroll, é a primeira vez que ela apoia um candidato a presidência dos EUA. O primeiro parágrafo do editorial diz:

O valor da investigação científica, e não uma posição da política científica em particular, sugere uma preferência para o candidato à presidência dos EUA.

Em 23 de agosto deste ano, 61 prêmios Nobel de física, química e medicina, residentes dos EUA, escreveram uma carta aberta em apoio ao candidato Obama, na qual dizem:

O país urgentemente necessita de um líder visionário que pode garantir o futuro de nossos tradicionais pontos fortes em ciência e tecnologia e que pode fazer uso destas forças para atacar vários dos nossos principais problemas: energia, doenças, mudança climática, segurança e competitividade economica. (…) Nós observamos a postura do senador Obama nestes assuntos com admiração.

Em 29 de outubro, a carta foi atualizada para conter a assinatura de 76 laureados. Entre os físicos que assinaram a carta, encontram-se: Murray Gell-Mann, Sheldon Lee Glashow, David Gross, Frank Wilczek, Yochiro Nambu, Philip Anderson, Leon Cooper, James Cronin, Val Fitch e Walter Gilbert, pilares da ciência moderna. Gell-Mann fez ele próprio um vídeo no YouTube:

Além disso, é público que os blogueiros do Cosmic Variance estão alinhados com Obama, são eles pesquisadores de instituições como CalTech, Stanford, Los Alamos, Washington University, Syracuse University, Pennsylvania University e outros.

Há várias razões para esse suporte. John McCain e Sarah Palin já fizeram comentários criticando gastos com ciência e educação. Já Obama defende publicamente mais gastos nessas áreas. O partido Republicano, nos últimos 8 anos na Casa Branca, diminuiu o suporte a ciência, redirecionou dinheiro da NASA de pesquisa científica para projetos supérfluos de viagens espaciais tripuladas e permitiu que decisões sobre legislação científica, como o uso de embriões para extração de células-tronco ou o ensino de educação sexual nas escolas, que deveriam ser feitas com base em dados técnicos, fossem contaminadas por lobby religioso.

A eleição de 2008 nos EUA tem uma importância para a ciência que transcende o território norte-americano. Os EUA responde por muito do investimento em pesquisa, e uma retirada de investimentos, ou legislações que impeçam estudos, tem um impacto global.

  1. sábado, 1 nov 2008; \44\UTC\UTC\k 44 às 07:51:32 EST

    Leo,

    Na verdade, são 76:

    76 Nobel Laureates in Science Endorse Obama.

    Aliás, o Gell-Man mesmo diz isso no vídeo…😉

    []’s!

  2. sábado, 1 nov 2008; \44\UTC\UTC\k 44 às 10:06:27 EST

    Alguém entre esses senhores reclama sobre o tanto que é gasto nos EUA para fins bélicos em relação ao dinheiro destinado à ciência e tecnologia?

  3. sábado, 1 nov 2008; \44\UTC\UTC\k 44 às 10:37:19 EST

    Tom,

    Essa é uma das feridas que ninguém vai por a mão… até porque, a maioria da pesquisa básica (nos USA) é patrocinada por: DARPA, DOE, Air Force, Army, etc…

    Eu tenho amigos em Ciência da Computação que já se negaram a receber suas bolsas da DARPA… estão trabalhando como podem pra se virar…

    Essa é uma discussão árida e difícil… e que começa lá atrás na Segunda Guerra Mundial… que foi quando o Mundo realmente aprendeu o valor da Ciência (gozado, não muito diferente do que aconteceu em outras épocas da história😛 ).

    []’s.

  4. Leonardo
    sábado, 1 nov 2008; \44\UTC\UTC\k 44 às 11:31:07 EST

    obrigado Daniel pelo comentário. São 76 agora!

  5. sábado, 1 nov 2008; \44\UTC\UTC\k 44 às 11:35:50 EST

    Daniel,

    e muitos desses caras já em longa idade, com a situação econômica já estável, já no topo de suas aspirações científicas, o que temer?

    É tudo covardão mesmo? Ou estão pouco ligando?

  6. sábado, 1 nov 2008; \44\UTC\UTC\k 44 às 12:18:15 EST

    Tom,
    🙂

    Diz aí, vc tá ‘framing’ a questão dessa maneira só pra sacanear, né não?!😛

    A coisa tá longe de ser simples assim… eles podem, pessoalmente, até estarem relativamente sossegados… mas, e o resto do “funding system”, o que é que vc faz com ele?! Ou seja, os próximos cientistas, ou mesmo os que estão na geração presente (!), como é que eles ficam?!

    Se vc for começar a puxar essa linha… a camisa inteira vai sumir antes mesmo que vc se dê conta… cuidado.

    []’s.

  7. terça-feira, 4 nov 2008; \45\UTC\UTC\k 45 às 10:26:09 EST

    Recebi um email do Scilink pedindo para escolher um dos candidatos. Não sei quantos votaram, mas 94% lá está com Obama. Seria legal uma pesquisa entre cientistas americanos.

  8. terça-feira, 4 nov 2008; \45\UTC\UTC\k 45 às 10:31:16 EST

    Nossa, poucos minutos depois atualizei o site e caiu para 90% o suporte a Obama. Devem existir poucas pessoas votando…

  9. terça-feira, 4 nov 2008; \45\UTC\UTC\k 45 às 10:35:08 EST

    Uma coisa é certa, em redes sociais na Internet o Obama dá uma lavada!

    Facebook
    Obama: 2,379,102 supporters
    McCain: 620,359 supporters

    Obama has 380% more supporters than McCain

    MySpace
    Obama: Friends: 833,161
    McCain: Friends: 217,811

    Obama has 380% more supporters than McCain

    YouTube
    Obama: 1792 videos uploaded since Nov 2006, Subscribers: 114,559 (uploads about 4 a day), Channel Views: 18,413,110
    McCain: 329 videos uploaded since Feb 2007 (uploads about 2 a day), Subscribers: 28,419, Channel Views: 2,032,993

    Obama has 403% more subscribers than McCain
    Obama has 905% more viewers than McCain

    Twitter
    Obama: @barackobama has 112,474 followers
    McCain: @JohnMcCain (is it real?) 4,603 followers

    Obama has 240 times more followers in Twitter than McCain

  10. terça-feira, 4 nov 2008; \45\UTC\UTC\k 45 às 12:40:01 EST

    Tom, deve ter poucas pessoas votando no SciLink mesmo, agora mesmo o apoio a Obama está em 85%.

  11. Leonardo
    terça-feira, 4 nov 2008; \45\UTC\UTC\k 45 às 13:09:33 EST

    Dã! todo mundo sabe que quem vota McCain não sabe usar Internet! Isso explica esses números.😉😀😛

  12. quarta-feira, 5 nov 2008; \45\UTC\UTC\k 45 às 16:11:32 EST

    As the 44th President of the United States, Barack Obama will be in power as the next chapter in U.S. manned space exploration history is decided. Among the issues Obama will face will be the transition from the space shuttle program of the past 30 years to the still burgeoning Constellation program that could return astronauts to the Moon. His space policy platform issued during the campaign included reconvening the National Aeronautics and Space Council of 1958-1973 to “work toward a 21st century vision of space.” Recalling his own brush with space history, Obama said that one of his early memories was going to see “some of the [Apollo] astronauts brought back” to Hawaii after their splashdown.
    fonte:http://www.collectspace.com/

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: