Início > Ars Physica > Sobre ombros de gigantes

Sobre ombros de gigantes

segunda-feira, 24 nov 2008; \48\UTC\UTC\k 48 Deixe um comentário Go to comments

O Osvaldo postou no blog uma tradução das Quatro lições de ouro para cientistas do Steven Weinberg. Como mortal, tenho muito interesse em ouvir as opiniões sobre como proceder em ciência de professores e grandes mestres🙂 .

Eu já tive o prazer de conversar com vários dos meus heróis, e sempre foi muito inspirador. O primeiro que conheci foi o Marcelo Gleiser, de quem li o primeiro livro de divulgação de ciência na vida e que me levou a decidir por estudar Física. Mais recentemente conheci ano passado Nima Arkani-Hamed, que teve conversas inesquecíveis com os alunos de pós-graduação e pos-docs durante a PiTP 2007 sobre diversos assuntos da física teórica. Naquela época eu nem sabia o que era uma anomalia em teoria quântica de campos, de modo que só aproveitei um pouco mais dos comentários de fenomenologia do LHC, e as dicas do Nima sobre o que era importante estudar para estar preparado para os novos resultados do LHC. Sobre esse último assunto, as duas dicas mais importantes, talvez, tenham sido estas: 1) não se especialize em um modelo específico, mas saiba um pouco sobre as assinaturas experimentais de cada um que está no mercado, 2) saiba ler (e mantenha-se atualizado com) artigos experimentais — quem viu no arxiv a tendência dos artigos sobre o PAMELA e ATIC saberá apreciar a eficácia dessa segunda sugestão.

wilczek

Hoje tive a honra de conhecer Frank Wilczek, físico teórico prêmio Nobel da Física de 2004. Uma pessoa super educada, simpática e entusiasmada. A conversa versou sobre vários assuntos, mas um deles é especial para o Ars Physica. Nós já havíamos debatido no orkut sobre a possibilidade de teorias em que a topologia do espaço-tempo é dinâmica, indo além portanto da Relatividade Geral. A discussão resumiu-se ao Fernando Kokubun comentando que seria interessante se algo existisse nesse sentido (alguém consegue achar esse tópico?). Wilczek comentou que uma das idéias que ele acha interessante é exatamente essa, e ele próprio trabalhou no assunto (não li o paper e não sei se é exatamente o que estávamos pensando…). Ele também mencionou um artigo de MacDowell e Mansouri (citado no artigo dele) indo nessa direção. Wilczek comentou que gosta dessa abordagem em detrimento da termodinâmica do espaço-tempo (eu escrevi sobre essa segunda em três posts: 1,2 e 3) — como você deve imaginar, Wilczek também trabalhou nesse segundo tópico: ele foi o primeiro a demostrar a origem física do efeito Hawking como um efeito de tunelamento quântico.

Edição 25/11 Wilczek também tem um pequeno texto para estudantes, é um capítulo curto do seu livro Fantastic Realities: está como a 5a lição de ouro para cientistas🙂 (texto em inglês, disponível online através do site da editora).

Categorias:Ars Physica
  1. terça-feira, 25 nov 2008; \48\UTC\UTC\k 48 às 06:36:44 EST

    Olá Leonardo, seria interessante postar algo sobre esse enfoque ( topologia do espaço-tempo é dinâmica ), já convidei o Kokubun a escrever um post, cheguei a montar um blog só para ele divulgar mais as idéias dele, mas …

  2. osvald25
    terça-feira, 25 nov 2008; \48\UTC\UTC\k 48 às 07:26:24 EST

    Oi Leo,

    Tomei a liberdade de criar um link para o meu perfil no AP quando você me citou. Espero não ter sido invasivo! rsrsrsrs

  3. terça-feira, 25 nov 2008; \48\UTC\UTC\k 48 às 10:17:03 EST

    Leo e José Ildefonso,

    O único tópico que eu encontrei na Comunidade do Orkut com as palavras “dinamica topologica” foi o seguinte:

    A Relatividade Geral pode ser uma teoria de campo?.

    []’s.

  4. terça-feira, 25 nov 2008; \48\UTC\UTC\k 48 às 12:18:04 EST

    Oi Leo,

    So pra refrescar a memoria: qual e mesmo a referencia do artigo do Wilczek sobre efeito Hawking e tunelamento?

    Agradeco antecipadamente.

  5. Leonardo
    terça-feira, 25 nov 2008; \48\UTC\UTC\k 48 às 13:08:58 EST

    Pedro:

    http://arXiv.org/abs/hep-th/9907001
    http://arXiv.org/abs/gr-qc/9408003

    parte substancial do cálculo do primeiro artigo foi feito no artigo 2. O Wilczek tem vários outros artigos interessantes sobre esse assunto.

  6. Tom
    terça-feira, 25 nov 2008; \48\UTC\UTC\k 48 às 13:30:11 EST

    Leo,

    você pediu para o Wilczek escrever um post como convidado aqui no Ars Physica?😀

    E Leo, reproduzir ao menos esse capítulo dedicado aos estudantes não pode ser considerado fair use, como discutimos aqui?🙂

    Se você não pedir para o Wilczek, eu mesmo vou mandar um email pedindo autorização para traduzir.😎

  7. Tom
    terça-feira, 25 nov 2008; \48\UTC\UTC\k 48 às 13:31:19 EST

    Ah, se eu falar que sou seu amigo, queimaria muito seu filme?😆

  8. terça-feira, 25 nov 2008; \48\UTC\UTC\k 48 às 15:11:30 EST

    Tom,

    Não queima, não… pode mandar o email!😉

    []’s!

  9. Leonardo
    terça-feira, 25 nov 2008; \48\UTC\UTC\k 48 às 15:55:21 EST

    Tom,

    Não pedi para ele escrever para o AP não😛

    Em uma busca rápida eu encontrei o texto dele “Advice to Students”. Está disponível online pelo site da editora. Atualizei o post com o link. Acho que os conselhos desse capítulo são mais direcionados a quem está fazendo pesquisa, então não vejo muita necessidade de traduzi-lo. Mas se você quiser eu posso mandar o email pedindo sim. O Wilczek é uma pessoa muito legal. No final da conversa ele comentou que nunca tinha vindo a Dartmouth e que gostaria de visitar; o Marcelo vai tentar arranjar uma visita dele aqui para o ano que vem.🙂

  10. Leonardo
    quarta-feira, 26 nov 2008; \48\UTC\UTC\k 48 às 13:05:05 EST

    E falando do Diabo,

    http://physics.aps.org/articles/v1/36?referer=rss#c1

    Muito interesse essa notícia acima, na qual se fala sobre a descoberta do análogo do áxion para a eletrodinâmica em sólidos, provavelmente advinda de algum tipo de solução com topologia não-trivial de uma teoria efetiva para o campo elétrico e magnético desses cristais chamados de “isolantes topológicos”.🙂

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: