Início > Ars Physica > Uma apologia a educação científica

Uma apologia a educação científica

sábado, 9 maio 2009; \19\UTC\UTC\k 19 Deixe um comentário Go to comments

*clap*clap*clap*clap*!!!!!!

Categorias:Ars Physica
  1. Tom
    domingo, 10 maio 2009; \19\UTC\UTC\k 19 às 00:43:47 EST

    *aplausos* [2]

    Seria muito importante conseguirmos comunicar isso também em português.

    Sempre ouvi falar mal do Brian Greene por causa de um livro dele de divulgação científica (acho que de cordas), que confunde alguns estudantes, como observamos em fóruns de discussão de física, apesar de eu já ter ouvido muitos que decidiram estudar física lendo esse livro.

    Minhas imagem dele mudou ao ver esse vídeo.

    O livro me lembro o que Weinberg disse em suas lições de outro para cientistas, comparando o trabalho de dois físicos (Ernest Rutherford e Frederick Soddy) e algum político inglês.

    Também me lembra da empolgação que sentia ao ler Feynman falando sobre ciência.

    Realmente, essas pessoas contagiam.

  2. Felipe
    domingo, 10 maio 2009; \19\UTC\UTC\k 19 às 14:43:47 EST

    Não vale, quero umas legendas aí…

  3. Ruyol
    domingo, 10 maio 2009; \19\UTC\UTC\k 19 às 14:45:09 EST

    Legenda? Entendi poucas partes… tenho que treinar meu listening. Sou bom por enquanto no reading.

    vlw

  4. Leonardo
    domingo, 10 maio 2009; \19\UTC\UTC\k 19 às 19:45:24 EST

    o Tom disse que vai fazer as legendas, ai nós podemos colocar um vídeo no YouTube com elas!😀

  5. Rafael
    terça-feira, 12 maio 2009; \20\UTC\UTC\k 20 às 07:10:01 EST

    O livro dele de divulgação de teoria de supercordas, tal como o vídeo feito a partir dele, são muito bons.

    Claro que sempre vai ter gente falando mal, mas sempre tem gente falando mal de qualquer livro. Principalmente de livro de divulgação científica.

    O vídeo é legal, apesar de ser trivial. Me lembro o primeiro curso de instrumentação para o ensino e de prática de ensino na faculdade onde tínhamos contato justamente com essas questões. Tal como no vídeo, eu também tenho histórias muito bacanas com crianças. Mas quase ninguém leva muito a sério licenciatura em física…

  6. sábado, 23 maio 2009; \21\UTC\UTC\k 21 às 11:01:02 EST

    Acho que a ciência, diferentemente das outras áreas do conhecimento humano citadas por Greene, é ensinada de forma isolada.

    Acredito que uma contrapartida multidisciplinar mostraria o quão fascinante é a ciência. Que ela é um grande produto da história humana e que ainda está a se desenvolver, e sempre estará.

    Ensinos de ciência concomitantes com a história do período em questão, o que pensava o povo daquela época, por que aquilo foi descoberto/inventado/sugerido/questionado naquele momento e não em um anterior ou posterior? O que motivou o discutido avanço científico?

    Assim, creio, as coisas se enraízam. Deixam de ser informação e passam a ser conhecimento…

    É minha opinião. Um abraço, Alessandro
    http://cafecomciencia.wordpress.com

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: