Arquivo

Archive for terça-feira, 6 out 2009; \41\America/New_York\America/New_York\k 41

O Prêmio Sakurai de 2010…

terça-feira, 6 out 2009; \41\America/New_York\America/New_York\k 41 Deixe um comentário

Eu estava esperando o anúncio do Prêmio Nobel de Física desse ano pra me manifestar… 😈

Pra quem não conhece, a APS (American Physical Society) distribui uma série de prêmios anualmente — e esses são bastante importantes. Em particular, o Prêmio Sakurai distingue as principais contribuições em Física de Partículas Teórica.

O Prêmio Sakurai de 2010 diz o seguinte sobre seus ganhadores,

“For elucidation of the properties of spontaneous symmetry breaking in four-dimensional relativistic gauge theory and of the mechanism for the consistent generation of vector boson masses”

(“Pela elucidação das propriedades da quebra espontânea de simetria em teorias de gauge relativísticas em 4-dimensões e do mecanismo para geração consistente das massas dos bósons-vetores.”)

Pra conhecer um pouco mais desse fenômeno e sua importância, uma boa referência é a seguinte: Englert-Brout-Higgs-Guralnik-Hagen-Kibble mechanism. Pra conhecer melhor a história científica por detrás de tudo isso, e poder contextualizar melhor a importância desse trabalho, o seguinte artigo é excelente: History of the Englert-Brout-Higgs-Guralnik-Hagen-Kibble mechanism.

Infelizmente, ainda há muita controvérsia em torno desse assunto, indo desde suas analogias em Matéria Condensada (Eletrodinâmica Escalar e suas relações com Landau-Ginzburg e a explicação da supercondutividade) até o fato de que mutios dos detalhes envolvidos já foram [tacitamente] esquecidos há tempos… não por maldade, apenas por uma questão de que, uma vez que o fenômeno passa a ser entendido, os detalhes que antes bloqueavam sua compreensão passam a ficar relegados ao segundo plano.

Infelizmente, a compreensão necessária pra se destrinchar todas essas controvérsias, é não-perturbativa, e não costuma ser algo que se ensina nos cursos de QFT por aí afora… 😥

É uma pena muito grande, pois essa história é muito bonita e de fundamental importância pra Física de Partículas, começando com o Modelo de Schwinger e culminando com a Quebra Espontânea de Simetria, passando pelo fato de que não há absolutamente nada na Física atual que obrigue o fóton a ter massa nula (fica a perguntinha capiciosa: “vc sabe provar o por quê disso?” 😈 ).

Uma parte dessa controvérsia toda tem aparecido bastante na mídia atualmente, por causa da alta probabilidade do Nobel ser dado pra esse tema assim que o LHC encontre o “bóson de Higgs”. Por exemplo, o Ian Sample está escrevendo um livro sobre tudo isso, contanto os pormenores do mundo da Física. Quem quiser ir se divertindo, enquanto o livro não sai, pode dar uma olhada nos seguintes links,

Há muito mais sobre isso espalhado por aí, pelas Internets; mas, não vou ficar fazendo linkfest por aqui. 😛

O Guralnik conta a história dele no seguinte artigo (o link aponta pro eprint nos arXivs só por uma questão de simplicidade, uma vez que lá é possível se encontrar o link pro artigo publicado): The History of the Guralnik, Hagen and Kibble development of the Theory of Spontaneous Symmetry Breaking and Gauge Particles. Vale muita a pena ler (principalmente quem quiser descobrir a resposta pra perguntinha capiciosa acima 😉 )…

Pra fechar, ainda no tema “Física não-pertrubativa e fora do equilíbrio”, deixo a seguinte entrevista do Roger Penrose (quem quiser um pouco mais, pode dar uma olhada nos videocasts do AP que tem umas palestras bem interessantes do Penrose 😈 ), Roger Penrose Says Physics Is Wrong, From String Theory to Quantum Mechanics.

Diversão garantida, 😎 !

O Nobel de Física de 2009

terça-feira, 6 out 2009; \41\America/New_York\America/New_York\k 41 4 comentários

Saiu há algumas horas os nomes laureados com o Premio Nobel de física de 2009. O chinês Charles Kao ficou com metade do prêmio por suas contribuições à comunicação com fibras óticas. A outra metade foi dividida entre o canadense Willard Boyle e  o americano George E. Smith, pela invenção dos dispositivos CCD (Charge-coupled Device)  . Para dizer a verdade conheço pouco a respeito dos nomes, mas considero a decisão de dar o prêmio para essas duas áreas muito acertada.

As duas descobertas/invenções são extremamente técnicas e podem não aparentar tão interessantes à primeira vista. Entretanto são duas descobertas técnicas que transformaram a face da Terra. Não apenas influenciaram nossa capacidade tecnológica, mas ampliaram a nossa capacidade de descobrir mais sobre o universo, afetaram de maneira irreversível nossa cultura e, eu diria sem medo de exagerar, aumentaram o potencial da nossa civilização.

Ambas são tecnologias ubíquas. Quase todos nós as usamos diariamente.

As fibras óticas, não preciso dizer, estão em um dos pilares da nossa rede global de comunicação. Nenhuma ideologia, religião, teoria economica ou doutrina política revolucionou tanto o mundo quanto a criação dessa rede. Praticamente todas as transações bancárias, chamadas telefônicas de longa distância, a comunicação entre empresas, entre pessoas, entre governos, notícias, fofocas de celebridades, bobagens, informações valiosas, colaborações científicas, informações industriais, cartas de amor…  tudo isso hoje chega ao seu destino por fibras óticas. Os diferentes cantos do planeta se comunicam instantaneamente por causa das fibras óticas e isso transformou um planeta dividido em uma civilização global. É impossível conceber o mundo funcionando como funciona hoje sem essa tecnologia.

Os dispositivos CCD, menos conhecidos talvez, estão em todas as máquinas fotográficas digitais. Mas revolucionaram muito mais do que a arte da fotografia e os álbuns de família. Talvez seja mais difícil apreciar como a difusão de uma método extremamente barato de produzir imagens instantaneamente é capaz de mudar a maneira como pensamos, conhecemos o mundo, fazemos ciência, produzimos bens e os consumimos. A revolução da imagem é sorrateira, mas eu duvido que você que lê esse texto não tem pelo menos meia dúzia de fotos suas convertidas em bits, circulando agora pelas fibras óticas que ligam o mundo!

Talvez haja tempo para depois escrever  aqui sobre os detalhes técnicos ligadas a essas técnicas, mas para apreciar o que essas técnicas fizeram pela humanidade basta olhar em volta de você.

Leia mais…

%d blogueiros gostam disto: