Início > arXiv, pesquisa, Physics, quant-ph, Science, Utilidade Pública, Utilidade Pública > O Mercado Romântico: versão quântica…

O Mercado Romântico: versão quântica…

segunda-feira, 8 mar 2010; \10\UTC\UTC\k 10 Deixe um comentário Go to comments

Essencialmente, o artigo Quantum Dating Market lida com um problema bem conhecido, chamado Stable Marriage Problem (SMP): ele usa um algoritmo quântico pra atacar o problema (ao invés do tradicional algoritmo clássico).

Mas, pra apreciar melhor esse resultado, a gente precisa compreender melhor alguns ingredientes,

A Teoria dos Jogos (clássicos, não-quânticos), grosseiramente falando, lida com o seguinte problema: situações nas quais interações estratégicas entre jogadores racionais produz resultados com respeito às preferências (ou utilidades) desses jogadores. (Pra entender melhor o que cada um desses termos em itálico significa, é necessário ler as referências acima.😉 )

Falando um pouco mais matematicamente, define-se um jogo com n pessoas (i.e., jogadores) através das 2 propriedades abaixo,

  1. n \mbox{ conjuntos } S_{i}, \, i=1,\dotsc, n ; &
  2. n \mbox{ fun{\c c}{\~o}es } P_{i} \, :\, S_{1}\times\dotsm\times S_{n}\rightarrow\mathbb{R} \quad (i=1,\dotsc, n).

O conjunto S_{i} é chamado Espaço de Estratégias do jogador i, e a função P_{i} é chamada Função Lucro do jogador i.

Essa formulação é genérica o suficiente pra modelar praticamente qualquer problema concreto de interações estratégicas: os S_{i} são as ações disponíveis ao jogador i (nós imaginamos que cada jogador precisa escolher uma ação); as ações têm alguma conseqüência e P_{i} mede aquilo que o jogador i avalia como medida dessa conseqüência.

Isso posto, nós já podemos tentar definir o que é um Jogo Quântico: ingenuamente, um jogo quântico é aquele onde cada jogador implementa uma estratégia mista, o que requer que o Espaço de Estratégias seja expandido. Ou seja, num jogo quântico o jogador pode escolher uma estratégia que seja uma combinação linear das estratégias, S = \alpha_{1}\, S_{1} + \dotsb + \alpha_{n}\, S_{n}, de tal forma que \sum_{i=1}^{n} \alpha_{i} = 1.

Entretanto, essa combinação linear só captura 1 das características quânticas presentes num jogo quântico: ainda há outra característica relevante nesse problema: emaranhamento quântico. Portanto, no final das contas, o resultado final dum jogo quântico é diferente daquele que seria obtido apenas através do uso duma estratégia mista, uma vez que o emaranhamento quântico pode levar a resultados bastante não-triviais.

O trabalho feito no artigo Quantum Dating Market consiste em se aplicar o Algoritmo de Grover (que é um algoritmo quântico) para o Stable Marriage Problem (SMP). O poder do Algoritmo de Grover é o de fazer uma busca num bando-de-dados não-ordenado em O\bigl(\sqrt{N}\bigr), ao invés do clássico O(N).

Fazendo uma interpretação livre do significado duma estratégica quântica para o mercado romântico, essencialmente, o que o artigo diz é que uma estratégia quântica é mais eficiente para se resolver o SMP. Pois bem, isso implica em dizer que um determinado jogador deveria escolher sair com várias jogadoras (com uma certa probabilidade pra cada jogadora) ao mesmo tempo, repetindo esse processo várias vezes, até encontrar uma “situação de equilíbrio”, i.e., até encontrar seu “par ideal”.😎

Claro, um dos possíveis resultados do emaranhamento quântico desse problema seria aquele em que todas as jogadoras decidem, ao mesmo tempo, não sair mais com o jogador.😈

Referências

ResearchBlogging.org

  • O. G. Zabaleta, & C. M. Arizmendi (2010). Quantum Dating Market Physica A; arXiv: 1003.1153v1
  • E. W. Piotrowski, & J. Sladkowski (2002). An invitation to Quantum Game Theory Int.J.Theor.Phys. 42 (2003) 1089 arXiv: quant-ph/0211191v1
  1. segunda-feira, 8 mar 2010; \10\UTC\UTC\k 10 às 19:16:10 EST

    Sabe o que me incomoda em teoria de jogos quanticos? Como um jogador real implementaria uma estratégia quântica? Não faz o menor sentido.

    Provar que uma estratégia quântica é ótima em um jogo não faz o menor sentido em um jogo real. Não existem estratégias quânticas em um jogo real. É até difícil entender como se implementariam estratégias mistas a la Nash, quanto mais estratégias que são misturas coerentes…

    Eu entendo como esse artigo pode ter implicações interessantes em problemas de computação, mas para ciências sociais de fato jogos quânticos são completamente inúteis.

  2. terça-feira, 9 mar 2010; \10\UTC\UTC\k 10 às 09:52:10 EST

    Meu inglês tá meio enferrujado, mas “Teoria dos Jogos” e “Game Theory” não é a mesma cousa?😛

    • terça-feira, 9 mar 2010; \10\UTC\UTC\k 10 às 10:54:28 EST

      @Pedro,

      É sim, Pedro: “Game Theory = Teoria dos Jogos”. Tem algum erro perdido por aí?!😛

      []’s!

      • terça-feira, 9 mar 2010; \10\UTC\UTC\k 10 às 10:56:38 EST

        Ah… acho que vi o que vc quis dizer: os artigos listados acima, como referência, tcherto?!😉

        É porque os que estão com o nome em Inglês são um pouco mais “elaborados” — requerem um pouco mais do leitor — do que aqueles que eu traduzi o título.😎

        Eu achei que o leitor que estivesse disposto a desbravar o mundo novo iria “cheirar o perigo”…😉

        []’s!

      • terça-feira, 9 mar 2010; \10\UTC\UTC\k 10 às 13:55:40 EST

        Só tô te enchendo…😉

  3. terça-feira, 9 mar 2010; \10\UTC\UTC\k 10 às 14:25:02 EST

    Direto do FQXi,

    (*) “Quantum Dating Market“.
    😎

    []’s!

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: