Início > Ars Physica, pesquisa > Fermi-LAT pode ter confirmado resultado do PAMELA

Fermi-LAT pode ter confirmado resultado do PAMELA

sexta-feira, 20 maio 2011; \20\UTC\UTC\k 20 Deixe um comentário Go to comments

Hoje a Physics World reportou que a colaboração Fermi-LAT fez uma divulgação preliminar durante um congresso de que eles podem ter confirmado o excesso de pósitrons nos raios cósmicos que atingem a Terra na região de 10 a 100 GeV observados pelo PAMELA. Esse resultado é do mais confuso, porque o Fermi-LAT não observa tal excesso para os elétrons.

 Espectro de pósitrons cósmicos do satélite PAMELA.

Espectro de pósitrons cósmicos obtido pelo satélite PAMELA. A linha sólida é o cálculo Moska & Strong. Não incluido o fluxo previsto por fontes pontuais temporárias.

Muitas pessoas irão falar que esse excesso pode ser explicado com processos astrofísicos comuns, mas isso tem que ser visto com muito ceticismo porque genericamente qualquer processo de aceleração clássico deveria gerar um espectro de potência que diminui com o aumento da energia dos pósitrons, como 1/En para n > 0. Porém, o PAMELA, e agora o Fermi-LAT, observam um crescimento do número de pósitrons de 10 a 100 GeV, o que contradiz intuitivamente a possibilidade do excesso vir de aceleramento astrofísico. Além disso, por que o processo astrofísico iria acelerar pósitrons nesta energia mas não os elétrons?

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. domingo, 25 dez 2011; \51\UTC\UTC\k 51 às 11:01:21 EST

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: