Início > Ars Physica > arXiv faz 20 anos!

arXiv faz 20 anos!

segunda-feira, 25 jul 2011; \30\UTC\UTC\k 30 Deixe um comentário Go to comments

Acabei de ver no blog Reference Frame que o site arXiv está fazendo 20 anos. Para quem não conhece, o arXiv (pronuncia-se como a palavra inglesa archive) é um servidor de pre-prints. Isso quer dizer que as pessoas colocam seus artigos nesse site, mesmo antes deles serem publicados em revistas indexadas. O acesso é completamente gratuito e é, já há muito anos, a principal fonte de referências para várias áreas da física.

O arXiv foi criado por Paul Ginsparg e originalmente era direcionado à física de altas energias, mas hoje é muito mais amplo. O arXiv revolucionou a forma de divulgar ciência e eu sou um grande fã dessa iniciativa ao ponto de não entender como algo similar pode não existir em outras áreas do conhecimento1. Eu não sou o único que reconhece o valor do arXiv: em 2002, o Paul Ginsparg ganhou uma MacArthur Fellowship (conhecida por aqui como “a bolsa dos gênios”) por ter tido a idéia de um servidor de pre-prints e implementado-a com sucesso.

1NB: Quando eu digo isso, algumas pessoas rebatem dizendo que existem. Contudo, muitas vezes citam servidores que apenas tem referências, como o PubMed. O arXiv não é apenas um catálogo de referências! Ele armazena os artigos completos.

O arXiv hoje já conta com quase 700 mil artigos em suas fitas e não dá nenhum sinal de desaceleração, como o gráfico abaixo mostra. O crescimento é linear por mais de 20 anos!

Ao longo dos anos, para atender a pedidos dos usuários, o arXiv aumentou a quantidade de áreas classificadas em seu sistema, bem como dividiu algumas classificações em sub-áreas. O gráfico abaixo mostra a taxa de envio de artigos por área:

Interpretar esse gráfico tem que ser feito com cuidado. Por exemplo, vê-se que desde o início da década de 2000, o número de artigos enviados em física de altas energias (hep, barras azuis) estabilizou. Como não ouve nenhuma divisão nessa área, é correto interpretar isso como uma adoção do arXiv por 100% da comunidade!

O número de artigos enviados e classificados como matéria condensada (cond-mat, barras verdes), por outro lado, sofreu uma desaceleração, mas não porque o campo de pesquisa está em baixa, muito pelo contrário! O que aconteceu é que várias áreas correlatas que não tinham classificação independente agora têm, como, por exemplo, biologia quantitativa e redes complexas. Veja também que tanto matéria condensada quanto astrofísica (barras vermelhas) passaram física de altas energias em número de artigos enviados, refletindo o tamanho relativo dessas comunidades. Também é possível perceber como cada vez mais a comunidade de matemática (barras magentas) tem adotado o arXiv e por isso também vem aparencendo novas sub-áreas no arXiv para facilitar a navegação.

O arXiv conta hoje com 14 servidores espelhos ao redor do mundo, inclusive um no Brasil, mantido e operado pela Sociedade Brasileira de Física e pelo Instituto de Física da USP. O crescimento sem freio do arXiv e a importância cada vez maior no trabalho de cientistas faz com que eu tenha certeza que esse é só o início da história.

Referências: Quase todas as informações que divulguei aqui podem ser encontradas ou no próprio site do arXiv (esse link aponta especificamente para onde obtive as informações) ou na Wikipedia.

Material extra que vale a pena: O Paul Ginsparg publicou suas próprias impressões sobre os primeiros 20 anos do arXiv na revista Nature. Vale a pena dar uma olhada.

Categorias:Ars Physica
  1. Diego
    terça-feira, 20 set 2011; \38\UTC\UTC\k 38 às 11:54:33 EST

    Eu não entendo como esse servidor não tem problemas com editoras. Os autores tiram depois que foi publicado ou algo assim?

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: