Início > Ars Physica > ILC e LBNE em perigo

ILC e LBNE em perigo

domingo, 25 mar 2012; \12\UTC\UTC\k 12 Deixe um comentário Go to comments

Vi no blog do Lubos Motl links para as seguintes reportagens:

Fermilab loses federal funds for experiments

DOE scraps plans for neutrino

O ILC é um projeto de um acelerador linear de elétrons que permitiria medir propriedades de partículas pesadas, em particular o quark top, o bóson de Higgs e o bóson W com altíssima precisão. Isso é importante pois apesar de ser claro que o LHC vai fazer várias medidas do Higgs, o estado inicial hadrônico junto com o grande pile up fazem com que medidas de precisão dos acoplamentos do Higgs sejam muito difíceis de serem feitos. O ILC também contemplava a possibilidade de sintonizar em novas ressonâncias que possam ser descobertas, por exemplo algo que faz a comunicação entre o setor supersimétrico e o não-supersimétrico, o que permitiria estudar o espectro da supersimetria também com grande precisão.

O Fermilab teve sua verba para esse projeto completamente zerada. Há interesse de outros países em construir o ILC, como no Japão por exemplo, e há outros projetos de aceleradores lineares, como o CLiC do CERN. Espero que algum se torne realidade.

O LBNE é um experimento com feixes de neutrinos similar aos muitos que já existem, mas com uma distância maior entre o ponto que o feixe de neutrinos é produzido e o detector, que ficaria num laboratório subterrâneo construído numa mina em South Dakota (Homesteak). O laboratório em si, o DUSEL, já sofreu cortes imensos e agora foi a vez do projeto no Fermilab sofrer cortes e o diretor do laboratório disse que eles iriam reavaliar o projeto. O futuro é bem incerto, mas uma versão reduzida deve ser feita, já que ele é de extrema importância para o futuro do Fermilab.

O objetivo desse experimento seria medir os ângulos de mistura de neutrino com grande precisão e a fase de violação de CP nesse setor. A recente descoberta de que o ângulo de mistura \theta_{13} é grande inclusive aumenta a possibilidade de se medir os efeitos de violação de CP que vem diretamente da mistura de neutrinos. O fato do laboratório ser subterrâneo, também permitira estudar outras fontes de neutrinos: como os produzidos na atmosfera terrestre e em supernovas na nossa galáxia.

Categorias:Ars Physica
  1. Alaor
    quarta-feira, 28 mar 2012; \13\UTC\UTC\k 13 às 13:52:06 EST

    Com dinheiro curto, que sofre sempre é a ciência.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: